Plano de Saúde

Você sabe a diferença entre plano de saúde e seguro saúde? Entenda!

voce-sabe-a-diferenca-entre-plano-de-saude-e-seguro-saude-entenda.jpeg

Na hora de fazer a escolha entre plano de saúde e seguro saúde, é normal surgir aquela dúvida. Afinal, decisões sobre a saúde são muitos importantes, não é mesmo?

Se você já pesquisou o significado desses sistemas, provavelmente ainda deve ter algumas dúvidas quanto às diferenças entre eles. Porém, é importante saber que, na prática, ambos são completamente distintos entre si.

Por isso, nosso objetivo aqui é esclarecer esses conceitos, detalhar as aplicações práticas e recomendar qual dentre eles é o melhor para você e sua família! Com nossas dicas, expomos de forma fácil de entender tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Interessado? Então, acompanhe conosco:

O que é o plano de saúde?

Ao contratar esse serviço, o cliente poderá usufruir da assistência médica na empresa contratada e em suas credenciadas.

Aqui, entende-se por credenciados os estabelecimentos que atendem ao plano contratado. Sejam hospitais, clínicas ou consultórios, você tem o direito de requisitar o atendimento em qualquer um deles.

Grosso modo, o usuário paga prestações mensais para manter o plano e garantir o serviço em casos de necessidade. Entretanto, o consumidor somente poderá optar por ser atendido nos estabelecimentos ou por profissionais que fazem parte dessa mesma rede da contratada.

A melhor notícia é que existem diversas categorias de planos que cabem no seu bolso e atendem aos mais diversos interesses. E há ainda aqueles que oferecem escolha de reembolso.

Nesses casos, o associado pode escolher receber o atendimento de um prestador de serviço que não esteja dentro da rede do plano, e o plano o reembolsará pelo gasto.

O que é o seguro saúde?

Já o seguro saúde tem o objetivo apenas de reembolsar as despesas decorrentes de tratamentos, consultas, exames, cirurgias a outras necessidades médicas que possam surgir. Assim, o contratante é livre para escolher onde deseja receber o serviço. Ele realiza o pagamento e, depois, recebe o reembolso da seguradora — o que se denomina “prêmio”.

O valor desse reembolso poderá ser total ou parcial, dependendo do que for firmado entre as partes. Várias seguradoras indicam serviços de referência, em que o reembolso é maior, mas a escolha pelo contratante é sempre livre.

Há diferenças nos contratos e no que eles cobrem?

De fato, entre o seguro e plano de saúde não há grande diferença nas opções de contratação e nos tipos de cobertura.

Ambos os serviços têm contratos individuais ou familiares, e contratos coletivos. Os primeiros são aqueles iniciados por uma pessoa física, que podem ser destinados apenas a ela mesma ou incluir familiares e dependentes.

Já os coletivos são aqueles oferecidos por empresas aos seus empregados, como um benefício do emprego ou por um valor mais barato que os individuais. Esses últimos, normalmente, são contratos de adesão, e não permitem que o indivíduo tenha liberdade de escolha quanto ao que contratar.

Além disso, os dois benefícios também funcionam da mesma maneira quanto aos tipos de cobertura de necessidades médicas. São cinco opções para escolha:

  • plano odontológico: oferece ao usuário serviços dentários, como limpeza dental, tratamento de cáries e outros da mesma área;
  • plano hospitalar: seu foco é o atendimento hospitalar — inclui cirurgias, internações e os gastos necessários para elas, como exames, anestesia, quimioterapia, medicações etc.;
  • plano hospitalar com obstetrícia: oferece o mesmo do anterior, porém, com um diferencial — garante serviços de pré-natal, pós-parto, internação de parto e todas necessidades relacionadas;
  • plano ambulatorial: cobre consultas em várias especialidades e também faz internação hospitalar por curto período, como radioterapia e quimioterapia, por exemplo — desde que não haja internação;
  • plano de referência: tipo mais completo disponível, oferece todos os serviços dos planos ambulatoriais e hospitalares unificados.

Então qual é a diferença, na prática?

Bom, você percebeu como ambos tem muitas semelhanças, certo? Ainda assim, há disparidades — e elas estão nas questões práticas, fazendo a grande diferença.

No seguro saúde, o reembolso do valor gasto é a regra. O usuário sempre desembolsará o dinheiro primeiro, ou seja, caso você não tenha a quantia na hora, será obrigado a fazer uso do serviço público ou procurar atendimentos baratos.

Mas essa não é a situação ideal que você deseja para você e sua família, não é mesmo?

Já no plano de saúde, você sempre será atendido. O reembolso é excepcional, ocorrendo apenas em alguns planos específicos que o garantem — que são mais caros —, mas o ressarcimento sempre compensa parte do que foi previamente gasto.

Qual devo escolher entre plano de saúde e seguro saúde?

Apesar de o cliente ter a liberdade de escolha do estabelecimento ou profissional médico no seguro, o preço dos serviços médicos, infelizmente, aumentou muito nos últimos anos, de forma geral.

Como dissemos, caso ocorram urgências hospitalares, o usuário deve ter o dinheiro garantido para o atendimento médico, do contrário, será obrigado a optar por um médico duvidoso e barato. E só depois do atendimento é que haverá o reembolso por parte da seguradora, o que não é o ideal.

No plano de saúde não há esse problema. O valor é pago mensalmente, e você terá o direito de ser atendido por qualquer um dos médicos da rede — normalmente, todos são de qualidade garantida.

Assim, você poderá realizar suas tarefas diárias tranquilamente, pois saberá que, em caso de qualquer necessidade, o plano de saúde está pronto para te atender com os melhores profissionais disponíveis. E o planejamento dos gastos familiares também será mais preciso, pois não há necessidade de guardar uma quantia, como ocorre no seguro.

Enfim, depois de tudo o que vimos até aqui, você pode perceber que mesmo com as inúmeras semelhanças entre o plano de saúde e o seguro saúde, a diferença é enorme em uma situação real.

A opção mais adequada seria unir o melhor dos dois mundos: contratar um plano de saúde com reembolso. Dessa forma, reúne-se os aspectos positivos de ambos os serviços em apenas um: a livre escolha de profissionais e o reembolso do valor pago.

Então, agora que já está entende bem como funciona o plano de saúde e seguro saúde, que tal manter você e a sua família seguros com os melhores profissionais do ramo? Entre em contato com a Coopseg e veja tudo o que oferecemos!

Você também pode gostar
fique-por-dentro-conheca-os-tipos-de-planos-de-saude-e-escolha-o-melhor-para-sua-familia.jpeg
Fique por dentro: conheça os tipos de planos de saúde e escolha o melhor para sua família
quais-os-tipos-de-plano-de-saude.jpeg
Quais os tipos de plano de saúde?
plano-de-saude-ou-consulta-particular-qual-escolher.jpeg
Plano de saúde ou consulta particular: qual escolher?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This