Bem-estar

Confira 8 dicas para iniciantes na corrida!

confira-8-dicas-para-iniciantes-na-corrida.jpeg

Muitos iniciantes na corrida escolhem o esporte pela facilidade de começar a praticá-lo. Basta um par de tênis, uma planilha de treinamento e muita disposição. Assim, o número de pessoas que se tornaram adeptas dessa atividade vem crescendo exponencialmente.

Isso se deve, principalmente, aos novos cuidados com a saúde e à busca intensa por qualidade de vida — além disso, correr não exige grandes pré-requisitos. Contudo, há alguns cuidados que devem ser tomados para melhorar o desempenho e prevenir lesões.

Para ajudar os iniciantes, neste post trazemos 8 dicas que devem ser seguidas para obter sucesso no treinamento. Confira! 

1. Faça um check-up

O primeiro passo para os iniciantes na corrida é fazer um check-up total. Procure um médico e realize todos os exames necessários para se certificar de que está tudo certo.

Não se esqueça de relatar todas as dores e desconfortos preexistentes para que o médico possa aprofundar os exames de acordo com possíveis problemas. 

2. Escolha o tênis correto

O tênis é o principal instrumento de trabalho do corredor. Sua principal função é proteger as articulações do impacto e permitir que o atleta desenvolva o seu potencial ao máximo.

Para acertar na escolha, primeiramente você deve saber qual o seu tipo de pisada. Existem três:

  • neutra: a parte externa do calcanhar faz o contato com o chão. Apesar de haver uma leve virada para dentro, durante o movimento o pé continua em linha reta;
  • supinada: o contato com o chão é feito com a parte externa do calcanhar. Nesse caso, o pé se apoia no lado de fora durante todo o movimento. O impulso é feito com o dedinho;
  • pronada: no momento em que o pé encosta no chão, ele se apoia no lado mais interno, se contorcendo para dentro. O impulso é feito com o dedão.

Depois, experimente todos os modelos e veja qual ficou mais confortável. Cuide para que a ponta do dedo não encoste no tênis e que a parte de trás não tenha muitas costuras, evitando o aparecimento de bolhas.

3. Siga um planejamento para inciantes na corrida

Só porque você decidiu correr, não quer dizer que deva sair por aí que nem um louco! O planejamento é necessário para que a motivação continue!

Comece devagar, intercalando caminhada e corrida. É importante não exigir mais do que o seu corpo pode dar, pois isso pode gerar um descontentamento por não conseguir atingir as metas, além de haver o risco de lesões. 

Procure um educador físico para que ele possa indicar um treinamento correto, de acordo com a sua capacidade física e seus objetivos.

4. Reforce a musculatura

Durante a corrida, as articulações e os músculos são exigidos e contraídos a todo instante. Por esse motivo, é indispensável que seja feito um reforço muscular. Ao fortalecer a musculatura, o corredor protegerá a articulação do impacto, que pode ser até três vezes maior do que a força da pisada, além de ativar o sistema anaeróbico, fornecendo ao corredor maior resistência. 

5. Alongue-se após a corrida

O alongamento é uma importante ferramenta para manter a flexibilidade do corpo. Ele trabalha a elasticidade muscular, sem forçar as articulações.

A prática regular do alongamento previne lesões em longo prazo, pois aumenta a flexibilidade da musculatura. Faça um breve aquecimento antes da corrida e deixe o alongamento para o final.

Tome cuidado para não executar os movimentos de forma exagerada, prejudicando os músculos. E fique atento: em caso de dores suportáveis que ultrapassem três dias, é necessário consultar um médico para realizar a averiguação do problema. 

6. Cuide da alimentação

A alimentação é essencial para melhorar a resistência na corrida e aprimorar o desempenho. Aproveite que está iniciando no esporte para optar por alimentos saudáveis.

No pré-treino, o indicado é sempre fazer refeições leves, de preferência duas horas antes de iniciar. Prefira carboidratos com pouco açúcar, evite refrigerante, café ou chá.

Depois do exercício, é hora de repor a energia gasta. Nesse momento, o carboidrato sai de cena, dando lugar a proteína. Um frango com salada é uma ótima pedida! 

7. Mantenha o corpo hidratado

A água é o componente que está presente em maior quantidade no corpo humano, correspondendo a 60% do peso total em um adulto.

Entre outras funções, ela é responsável pelo processo fisiológico, por regular a temperatura corporal, transportar oxigênio e outros elementos, eliminar substâncias como a urina e as lágrimas, e participar da composição celular.

Apesar de ser indispensável para o funcionamento do organismo, o ser humano não consegue armazenar água e, por isso, é preciso sempre repô-la. 

O suor e a transpiração são compostos 99% por água, por isso, quando corremos perdemos muito líquido, que, se não for reposto, causa a desidratação. Os riscos são inúmeros, passando por cansaço, baixa pressão arterial, confusão mental e podendo levar ao infarto e à morte.

Beba muita água, antes, durante e depois do exercício. Procure sempre levar uma garrafinha de água quando for correr. Existem modelos que podem ser presos à cintura ou pochete, facilitando o transporte, sem atrapalhar o corredor.

8. Respeite os limites do seu corpo

Se você pretende continuar correndo, é preciso ir com calma! Muitas pessoas, ao começar a correr, gostam tanto da atividade que sentem vontade de praticar todos os dias. 

Porém, o overtraining, ou supertreinamento é muito perigoso para a saúde, principalmente para o aparecimento de lesões. É preciso dar ao corpo um tempo para que ele se recupere, por isso, o descanso é tão importante quanto o treinamento.

Cada organismo reage de uma forma e tem os seus próprios limites, por esse motivo, cada pessoa precisa aprender a conhecer o seu. Seu corpo vai dar sinais e mostrar quando há algo errado, então é preciso ficar atento a reações diferentes.

Veja alguns sinais:

  • irritação;
  • cansaço excessivo;
  • insônia;
  • frequência cardíaca elevada;
  • falta de apetite;
  • dificuldade de recuperação após o treino;
  • dor de cabeça;
  • contusões frequentes.

Praticar atividade física é uma ótima maneira de manter a saúde em dia e preservar a qualidade de vida. A corrida, assim como todos os esportes, exige que haja prudência por parte do atleta, por isso, seguir as dicas acima é fundamental para um bom desempenho.

O esporte e a saúde andam lado a lado. Não se esqueça de sempre praticar atividades com a orientação de um profissional capacitado. Caso haja algum problema, não force e procure um médico para fazer a avaliação correta.

Se você curtiu as nossas dicas sobre iniciantes na corrida, ou ficou com alguma dúvida, deixe um comentário no post!

Você também pode gostar
insonia-como-se-livrar-desse-mal-confira-11-dicas.jpeg
Insônia: como se livrar desse mal? Confira 11 dicas
dificuldade-em-conciliar-trabalho-e-familia-confira-nossas-8-dicas.jpeg
Dificuldade em conciliar trabalho e família? Confira nossas 8 dicas!
x-cuidados-para-ter-ao-fazer-uso-dos-suplementos-alimentares.jpeg
5 cuidados para ter ao fazer uso dos suplementos alimentares

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This